Terceiro Momento da Avaliação    
 

 

No projeto estava prevista uma visita a cada escola participante. Vinte professores de várias escolas e diferentes regiões do Brasil, denominados Professores Visitantes foram preparados em oficina específica com duração de três dias, para abalizar e discutir conteúdo teórico-conceitual das mudanças e construir roteiro de visitas (instrumento semi-aberto), entrevistas, grupo focal, depoimentos, percepções. Resultou em um Manual de Trabalho de Campo com referencial teórico, instrumentos de avaliação a serem aplicados aos gestores, coordenadores, professores, profissionais da saúde, e estudantes além de um roteiro para realização de grupo focal. A metodologia discutida e foi apropriada para interagir e coletar dados, em observação participante com elaboração de relatórios e gravação do grupo focal.
Professores visitantes em dupla cumpriram uma agenda de pesquisadores qualitativos, fizeram uma observação planejada e informal, realizaram reuniões com vários atores, grupos focais, entrevistas individuais e visitas aos cenários de prática encaminhando relatórios e gravações.
Com leitura de todos os registros da visita e da transcrição da gravação do grupo focal os pesquisadores buscaram a compreensão global e identificaram núcleos de sentido e as temáticas, em torno das quais os dados são analisados e discutidos, para foco de atenção institucional de cada escola e conjunto. A visita in loco possibilitou uma integração objetiva no processo de pesquisa incluindo observadores participantes que em interação com a escola lançam um olhar externo diferenciado.
Os dados levantados em cada visita foram analisados pelo grupo de pesquisadores da CAEM, fazendo cruzamento com os resultados do primeiro momento. Os dados obtidos passaram por uma análise compreensiva, por um diálogo com os documentos de auto-avaliação e essa análise teve por parâmetros os indicadores previstos nos propósitos da investigação. Para análise qualitativa foi utilizada a abordagem temática, por melhor condizer com o propósito desta pesquisa (Bardin, 1979; Minayo, 1992; Gomes, 1999). A análise respectiva foi encaminhada a cada escola.
O conjunto das análises foi analisado com o intuito de se verificar as temáticas mais recorrentes e as principais fortalezas e fragilidades encontradas.

Deste conjunto de escolas foi possível identificar a seguinte temática:

Todas as escolas possuem movimentos de mudança e consideram os cenários de prática como primordiais na formação de profissionais melhor preparados para o atendimento da população e dos princípios do Sistema Único de Saúde.

Confira o resumo das análises das visitas AQUI

Na Oficina de Sistematização cada escola apresentou seu processo de construção auto-avaliativo, seguindo-se de discussão em grupos. Esse momento de reunião do coletivo permitiu a elaboração participativa de orientações para o relatório final individual de cada escola com resultados e recomendações.
Nesta oficina cada escola participante teve 15 minutos para fazer apresentação da construção do seu processo avaliativo, na forma de pôster, que ficou exposto durante toda a Oficina em sala específica. A apresentação do pôster foi realizada concomitante em cinco grupos de cinco ou seis escolas. Cada grupo contou com um facilitador, um relator e um observador (três professores visitantes). No pôster a escola situou-se no contexto e expôs a forma como vem construindo seu processo auto-avaliativo dentro do seu Plano de Desenvolvimento Institucional. Houve palestras sobre a o estado da arte do Projeto, reforços conceituais, orientação e alguns resultados que substanciam a proposta do Projeto da CAEM/ABEM. Teve como ponto forte o trabalho em grupo com dois temas. Primeiro sobre Indicadores de mudanças na construção do processo auto-avaliativo, e o segundo sobre o Processo de Avaliação trabalhado pelo Projeto da CAEM/ABEM. Todos os grupos escolheram um coordenador e um relator para apresentação dos resultados em Plenária, momento de atividades do conjunto de atores das escolas, professores visitantes, convidados e grupo da CAEM/ABEM para apresentar e socializar resultados dos trabalhos em grupo com discussão e encaminhamentos.

 

Voltar